• Ma. Viviane Rodrigues

QUANDO SUBVERTEM O ESQUEMA, AS MULHERES NO CINEMA SÃO DESPIDAS DE SUA FEMINILIDADE. JÁ VISSE?

Atualizado: Ago 15

Ann Kaplan disse que os homens não olham simplesmente; seu olhar carrega consigo uma força de ação e de posse que não é espelhado no olhar feminino. Ela ilustra a ideia lembrando que, em muitas narrativas, as personagens femininas que subvertem a posição estereotipada encarnada pelas mulheres no cinema de massa (que também encontramos no cinema de arte ou alternativo) - são despidas da feminilidade tradicionalmente vendida (KAPLAN, 1983).


É fácil lembrar de muitos filmes onde podemos encontrar essa ideia misógina transformada em produção audiovisual. Vamos ver?






Lembramos que existe também o tropo Sexy and Sassy. Nele você vai encontrar personagens femininas extremamente sensuais - que podem remeter a um estereótipo reiterado no universo masculino (e sexista de gamers). Elas vestem pouca roupa ou possuem figurinos mais elaborados. Exemplo?




Bibliografia:

KAPLAN, Ann. O Olhar é Masculino? In KAPLAN, Ann. A Mulher e o Cinema. São Paulo: Summus, 1995



* Este post faz parte do ensaio: A CIDADE DAS MULHERES MORTAS: A VIOLÊNCIA REITERADA CONTRA AS MULHERES NA PRODUÇÃO FÍLMICA E SERIADA. Ele será publicado na obra coletiva 15 anos da Lei Maria da Penha: Avanços e Desafios (Coordenadores: Bruna I. Simioni Silva; Larissa Ribeiro Tomazoni e Paulo Silas Filho).


3 visualizações0 comentário